Busca ☰

Prefácio da 3ª edição de Webwriting

Essa é uma das coisas que mais tenho orgulho. Fui convidado por Bruno Rodrigues para escrever um prefácio para a terceira edição do seu livro Webwriting (lançado neste mês), o primeiro em língua portuguesa sobre redação e informação para web.

Lembro que a primeira vez que tive contato com a obra foi em 2000, ainda na primeira edição. Logo tornou-se uma referência para mim. Achei sensacional e valioso. Finalmente, um livro em português para auxiliar no que ainda era feito meio que às cegas e tateando na época.

De lá para cá o tempo passou, mas o básico permaneceu: a importância da palavra e do capricho na produção de conteúdo sob medida para a internet.

Essa preocupação dá o tema do livro de Rodrigues, o qual mistura conceitos de escrita com arquitetura da informação, usabilidade e marketing.

Webwriting é uma leitura fundamental e que sempre recomendo para quem está entrando no mercado de comunicação digital ou já faz parte dele, mas quer  aprimorar e rever conceitos e técnicas.

Conforme comento no texto que abre a 3ª edição:

“O livro não é apenas sobre como escrever na web ou como a internet vem se tornando onipresente e afetando o dia a dia do profissional de comunicação, mas é, sobretudo, a respeito da relação ‘homem-computador’, que se reflete no binômio ‘texto digital-usuário’, dissecado de forma brilhante por Rodrigues.

Nesse contexto maior e mais preciso, Webwriting faz parte de um movimento que busca colocar o ‘ser humano’ no centro da experiência digital por meio do entendimento da interação ‘homem-dispositivos digitais’. Para um profissional de comunicação atuante, é mais do que essencial entender essa interação”.

Detalhes de Webwriting, que também conta com uma versão digital, podem ser encontrados na página da editora Atlas.

Publicado em cultura digital em